domingo, 12 de abril de 2009

Passeando 1




Posted by Picasa

2 comentários:

Alberto disse...

Ao constatar a degradação em que se encontra o fontanário da terra, que me viu nascer, fiquei, como é óbvio, deveras chocado!
Não sei o que se passa com o povo da Nação a que pertenço. De facto, ao "tropeçarmos" com exemplos destes, só podemos concluir, que as pessoas deixaram de respeitar a memória dos seus antepassados, os quais enfrentando dificuldades de toda a ordem, derrubaram barreiras bem altas, tendo como objectivo primeiro, melhorar a qualidade de vida dos seus concidadãos.
A construção dos fontanários na nossa terra, pôs fim a uma situação degradante e indigna para qualquer ser humano, qual seja, a de as pessoas serem obrigadas a abastecerem-se de água em fontes de chafurdo, sem qualquer controlo da qualidade da dita água, com todas as consequências gravosas daí advenientes para, a sua saúde.
Para finalizar, apelo para que os autarcas do nosso concelho, tenham a preocupação de preservar aquilo que ontem foram fontes de água e que hoje são fontes de história.

Guidinha Pinto disse...

Estas fotos mostram um bocadinho de um todo. Cerdeira de Góis, porque não desce o lugar, segue os caminhos percorridos pelos antigos e pisa as ervas e silvas que entretanto nascem e ocultam as passagens? Vai ver que descobre a outra Cerdeira, a do trabalho no campo que proporcionava o alimento da casa, a barroca de águas geladas e límpidas onde a roupa era lavada antes de haver sequer o lavadouro ...
Fica o desafio para a descoberta, a recordação e a partilha.
Abraço.